0 comentários fechados

Os dois são ricos em proteínas, carboidratos, ferro, sais minerais, vitaminas, fibras. O amido do arroz, além de energético, facilita a absorção da proteína do feijão. Alguns aminoácidos, essenciais ao crescimento da criança, se faltam em um, você encontra em outro: arroz é pobre em lisina, abundante no feijão, pobre em metionina, que o arroz tem de sobra. A dupla ainda previne câncer, bom funcionamento intestinal, protege o coração, combate a anemia. Um casamento perfeito que nosso povo intuiu.

O que a laranja tem a ver com a feijoada?

Sábado, dia de feijoada em milhares de restaurantes de várias regiões. Invenção dos negros, que transformaram em prato nobre cortes do porco que a casa grande desprezava. Acompanha arroz branco, couve, refogada, farinha de mandioca, torresmo, molho de pimenta. E laranja: mais uma genial intuição popular. Sua vitamina C eleva de 10% para até 40% a absorção de ferro do feijão. E ajuda na digestão de um prato de sustança. O humorista Stanislaw Ponte Preta dizia que a boa feijoada é aquela que inclui uma ambulância na porta.

Fonte: Brasil, Almanaque de cultura popular

Data de publicação: 05/01/2009

 

Insira seu email no campo abaixo para receber nossas dicas e notícias

Insira seu email no campo abaixo para
receber nossas dicas e notícias