0 comentários fechados

No próximo dia primeiro de novembro a culinária do estado do Amazonas será o retrato do país em Toronto, no Canadá, pelo projeto Goal to Brasil. Os chefs Jonatas Moreira, Mônica Rangel e Felipe Schaedler serão os embaixadores da gastronomia brasileira na edição. Eles vão mostrar traços da cozinha regional de Manaus e do Brasil como uma mostra da pluralidade do setor no país. O evento é realizado pela EMBRATUR com curadoria gastronômica da Associação Brasil à Mesa e visa reforçar o turismo no país e promover os locais da Copa do Mundo de 2014 em 14 países até 2013.

O menu dará ênfase à culinária manauara, anfitriã do Goal to Brasil em Toronto. O cardápio será preparado pelos chefs e envolve a elaboração de welcome coffe, coffee break e coquetel para jornalistas, profissionais do turismo, formadores de opinião e autoridades. Para beber, a conhecida cachaça brasileira que será servida na caipirinha e também uma envelhecida, para tomar pura. Entre os pratos que serão servidos estão cuscuz de farinha brasileira e bacon de pirarucu (foto), beiju de tapioca com geleia do Amazonas, pirarucu defumado com castanha do Brasil, cocada na folha de bananeira, caldo de tucupi e jambú, filé de siri ao dendê, entre outros. “Fizemos um menu extremamente rico e que vai encantar o público canadense com os surpreendentes sabores da Amazônia.”, conta o chef Felipe Schaedler.

A chef Mônica Rangel, nascida em Juiz de Fora (MG), aplica as raízes culinárias que aprendeu na região com toques de cozinha internacional no restaurante Gosto com Gosto em Visconde de Mauá (RJ) desde 1994. Engajada em projetos ligados à gastronomia, Mônica criou o Concurso Gastronômico de Visconde de Mauá e preside a Associação Brasil à Mesa, em prol da valorização do setor no Brasil. O chef Jonatas Moreira estudou o Culinary Arts and Management of Restaurants no Instituto Paul Bocuse, de Lyon, na França. De volta ao Brasil, aplicou seu conhecimento no restaurante da família, Akuaba, em Maceió, onde desenvolve uma culinária sofisticada sem perder as raízes do Nordeste. Já o jovem Felipe Schaedler se tornou uma das grandes referências no Brasil devido ao trabalho no restaurante Banzeiro, em Manaus, desde 2009. Felipe estudou a fundo as características dos ingredientes e produtos do estado do Amazonas para criar seus pratos com referências indígenas e caboclas.

A participação dos chefs no evento se deu com a colaboração da Associação Brasil à Mesa. A Associação está abrindo espaços de diálogo do setor com o poder público através das articulações da chef Mônica Rangel com a EMBRATUR e o Ministério do Turismo. O Goal to Brasil já teve edições em Santiago (Chile), Bogotá (Colômbia), Buenos Aires (Argentina), Paris (França), Lisboa (Portugal) além de outros oito encontros que acontecerão em 2013.

Serviço

Goal To Brasil Toronto
Data: 01/11/2012
Local: Ritz Carlton Toronto
Assessoria de imprensa Associação Brasil à Mesa: brasilamesa@gastrocomunicacao.com

couscous-de-farinha-do-uarini-com-bacon-de-pirarucu

Menu Goal to Brasil Toronto – 01 de novembro de 2012

 

WELCOME COFFE

Caldo de Tucupi e jambu

Cuscuz de farinha brasileira e bacon de pirarucu

Beiju de tapioca com geleia do Amazonas

 

COFFE BREAK

Pirarucu defumado com castanha do Brasil

Mix de farinhas brasileiras e carne salgada

Cocada na folha de bananeira

 

COQUETEL

Salada de mini arroz e camarão

Caldo de tucupi e jambu

Camarão com doce da Amazônia

Filé de siri ao dendê

Creme de mandioquinha e carne seca

Camarão ao leite de coco com pirão

Filé de peixe com farofa de banana

Beiju de tapioca com geleia do Amazonas

Cocada na folha de bananeira

 

Saiba mais sobre o “movimento brasil à mesa”

 

Toda esta movimentação começou no ano passado, quando Mônica Rangel deu início ao seu protesto referente à Portaria 100 do Ministério do Turismo. O documento -‐ de julho de 2011 -‐ instituiu o ‘Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem’ (SBClass), estabelecendo critérios de classificação destes, criando o ‘Conselho Técnico Nacional de Classificação de Meios de Hospedagem’ (CTClass) e outras providências para o setor.

Dentro destas definições, Mônica começou um questionamento acerca da importância de se valorizar os restaurantes de cozinha regional nos hotéis, já que nos critérios de avaliação, para receber cinco ou quatro estrelas é exigido um restaurante de cozinha internacional no estabelecimento. A inquietação da chef culminou em um contato direto com o presidente da Embratur, Flávio Dino, e também com o Ministério do Turismo. Após alguns encontros, em janeiro deste ano, as instituições federais convidaram a chef para colaborar diretamente na promoção, preservação e desenvolvimento da gastronomia brasileira. Ela imediatamente partiu para a criação da Associação Brasil à Mesa e articulação com profissionais da área.

Criada oficialmente em maio deste ano, a Associação Brasil à Mesa já conta com mais de setenta associados das cinco regiões brasileiras, reunindo chefs, jornalistas, pesquisadores e profissionais do setor. Mônica Rangel é a presidenta, que conta ainda com o apoio de nomes como os de Roberta Sudbrack, Alex Atala, Rodrigo Oliveira, Bel Coelho, Tereza Paim, Flavia Quaresma, Wanderson Medeiros e outros.

www.brasilamesa.com.br

Por: Gastrô Comunicação

 

Data de publicação: 29/10/2012

 

Insira seu email no campo abaixo para receber nossas dicas e notícias

Insira seu email no campo abaixo para
receber nossas dicas e notícias