0 comentários fechados

    O sal é um ingrediente que colabora muito com o aumento da pressão nas pessoas que têm tendência e também se consumido além do necessário. A dose diária de uma pessoa adulta é de 6 g (1 colher chá), mas o hábito de consumo é superior a isso. Apesar de realçar o sabor dos alimentos, deve ser usado com moderação e algumas vezes até evitado. As pessoas acham que a comida com pouco sal não é saborosa e se esquecem que é possível realçar o sabor dos alimentos utilizando especiarias e ervas aromáticas.

 Apesar de não estar comprovado que o sal é o principal causador da pressão alta, se o médico recomendar que seja diminuído ou excluído é aconselhável fazê-lo. Alguns povos, como os índios yanomami, que não colocam sal na comida, não têm pressão alta.

 

 

 

 Dicas para diminuir o consumo de sal:   

  • Cozinhe com muito pouco ou sem sal; abuse de outros temperos, o mais indicado é cozinhar sem sal e cada um colocar o seu sal.
  • Evite comidas muito salgadas.
  • Evite enlatados e embutidos como lingüiça, salsicha, frios e afins.
  • Não coloque o saleiro na mesa.
  • Faça um cálculo de como está o consumo de sal: veja quanto dura 1 quilo de sal na sua casa. Divida 1 quilo de sal (1.000 g) pelo número de dias que dura e depois pelo número de pessoas que se alimentam. Exemplo: 1.000 g ÷ por 20 dias (número de dias de consumo) = 50 g/dia ÷ por 5 (número de pessoas na casa) igual a um consumo de 10 g por pessoa/dia. Muito acima do recomendado.

 Veja na tabela abaixo, algumas especiarias que enriquecem o sabor dos alimentos na ausência do sal:

 

 

Urucum ou Orucu.

colorir arroz e molhos

 

Pimenta ardida em pó ou chilli

mistura de pimenta ardida, páprica,

cominho, cravo, alho e orégano; molhos

e ensopados.

 

Pimenta Caiena

mais forte do que a páprica.

 

Macis

semelhante à noz-moscada, mais forte e

menos doce; pratos salgados.

 

Gengibre

bolos, biscoitos, doces, geléias.

 

Canela

bolos, doces, caldas, conservas.

 

Pimenta-do-reino branca e preta

carnes, aves, peixes e legumes.

 

Pimenta mgnonette

pimenta moída grossamente, combinando o sabor da preta com o da branca. Para fazê-la, basta moer grosseiramente um pouco de cada.

 

Pimenta-do-reino verde

macia, não madura, conservada em vinagre; patês, molhos para carne, peixe e aves.

 

Pó de caril

também conhecido como curry; mesma indicação do curry.

 

Cravo-da-índia

doces, salgados, espetados em cebolas e colocados em caldos ou ensopados. Temperar carnes, pães, presuntos, maçãs, doces de abóbora e vinho quente; para pratos assados é bom usar em pó.

 

Noz-moscada

pratos italianos, holandeses e doces.

 

Páprica

goulash e galinha.

 

Pimenta-da-jamaica

gosto de mistura de cravo, noz-moscada e canela; pratos doces e salgados. É melhor moer na hora, inteiras só em pratos de cozimento longo.

 

Gran Masala

mistura indiana empregada em ensopados; mistura de coentro, cominho, gengibre, pimenta-do-reino preta, canela, cardamono, louro e cravo. Pode também ser usado na mesa

para polvilhar os alimentos.

 

Sementes de gergelim

 

polvilhada sobre pães e bolos.

Sementes Papoula

de mais escuras para salpicar pães e biscoitos e a branca em pratos indianos.

 

Cominho

cordeiro, frango, arroz e iogurte.

 

Sementes de aipo

guisados de carne, peixes e caçarolas,pratos salgados em geral. Quando moídas e misturadas com o sal dão origem ao sal de aipo.

 

Sementes de erva-doc

bolos, doces, biscoitos, frutas cozidas, e tortas de frutas, legumes: cenoura e repolho roxo.

 

Bagos de zimbro

azul escuro combinam com qualquer caça. marinada e recheios. Alguns bagos enriquecem o sabor de carneiro e porco. Antes de utilizar, esmague ligeiramente.

 

Sementes de alcaravia

goulash, pratos de porco e fígado, pratos à base de batata, sopas e queijos; condimenta bem pães de centeio e biscoitos e cobrindo pães.

 

Raiz-forte

não deve ser cozida; em saladas verdes, algumas folhinhas fininhas dão um sabor muito bom; quando ralada é utilizada em molho de raiz-forte. É usada para carne, arenque, cavala, peixe defumado e frango cozido.

 

Sementes de

mostarda

muito picantes, raramente são empregadas inteiras, mas algumas podem ser usadas em carne branca, peixe, arroz ou legumes.

 

Sementes de endro

semelhantes ao cominho, são usadas em molhos à base de creme azedo, peixe, salada de batata e repolho ou salpicadas sobre pães.

 

Semente de funcho

sabor ligeiro de anis; combinam com peixe.

 

 

Fonte: Livro Receitas para Hipertensos – Margarida Valenzi

Data de publicação: 10/03/2009

 

Insira seu email no campo abaixo para receber nossas dicas e notícias

Insira seu email no campo abaixo para
receber nossas dicas e notícias