Este é um tipo de notícia que parece mais um sonho para a maioria das pessoas. Difícil encontrar alguém que não goste de chocolate. Mas na maioria das vezes, depois de consumi-lo, surge a inevitável culpa por sair da dieta.. Seja ela para emagrecer, para ter uma alimentação saudável ou devido a diabetes. Considerado um grande vilão para boa forma, surgiu recentemente uma variação do chocolate que o deixa como o mocinho da saúde.

O “chocolate emagrecedor” contém em sua fórmula 50% de puro cacau orgânico – livre de conservantes e pesticidas usados nas plantações. Além disso, possui polissacarídeos mussilaginosos de babosa, L-glutamina (um tipo de aminoácido) e alga spirulina orgânica. A junção de todos estes ingredientes é responsável por estimular a produção de fenilalanina, um aminoácido presente em nosso cérebro capaz de ativar os neurotransmissores que promovem a sensação de saciedade. Seu principal ativo capaz de é o famoso mineral cromo, que somado ao cacau, contribui com as propriedades do produto.

O cromo

Estudos realizados no Centro de Pesquisa Biomédica de Pennington, na Universidade Estadual de Louisiana, USA, e publicados no Jornal Diabetes Technology & Therapeutics comprovaram que o cromo é capaz fazer com que a pessoa consiga controlar a ingestão de alimentos.

Alguns cientistas catalogaram o cromo como “o milagre médico dos anos 90”, o uso de suplementos diários desse mineral previne diabetes, queima gordura e acelera a perda de peso. Ele ajuda o organismo a utilizar de forma mais eficaz a insulina e a manter os níveis normais de açúcar (glicose) no sangue. A suplementação de cromo pode impedir a ocorrência de diabete tipo 2 em pessoas com resistência à insulina.

Os resultados deste estudo, que envolveu mais de 40 mulheres obesas, demonstraram que as pessoas que tomaram o cromo, na dosagem prescrita pelos cientistas e a mesma dosagem presente em cada unidade do chocolate emagrecedor desenvolvido no Brasil, tiveram uma redução importante na ingestão de alimentos e no peso.

O cacau


Estudos científicos realizados no Instituto de Dermatologia Experimental da Universidade de Witten-Herdecke, na Alemanha, revelaram que a ingestão de cacau a longo prazo pode fornecer fotoproteção contra a queimadura solar e é capaz de melhorar a aparência da pele.

Neste novo chocolate, é utilizado 50% de cacau orgânico e desengordurado. Com isso, o produto ganhou uma quantidade de antioxidantes capaz de impedir o acúmulo de gordura no corpo, além de ganhar substâncias euforizantes naturalmente encontradas no cacau – como a cafeína e a teobromina.

De acordo com dados do especialista, para se obter as quantidades de cromo e cacau ideais para conseguir os efeitos desejados, é preciso ingerir cerca de três tabletes pequenos do produto ao dia. Apesar disso, é bom consultar um nutricionista ou endocrinologista, para que o profissional avalie suas necessidades e objetivos.

O “chocolate emagrecedor” ainda não é encontrado em lojas e prateleiras, mas pode ser encomendado nas farmácias de manipulação, falando diretamente com o farmacêutico responsável, ou pode ser solicitado ao médico ou nutricionista.

O seu consumo é indicado para qualquer hora do dia. A dica é que você coma uma barra deste chocolate cerca de uma hora antes das principais refeições. De resto é só comemorar, pois quem provou garante que o gosto é o mesmo de um produto convencional!

Fonte: Portal R7 e Revista Sua Dieta

Data de publicação: 24/05/2010

 

1 Comentário para Saiba mais sobre o chocolate que emagrece

  1. geronima disse:

    oi gostei de fazer parte dece sait . meu sogro e diabetico do tipo a gostaria de saber de alguns alimentos que ele possa comer obrigado

Insira seu email no campo abaixo para receber nossas dicas e notícias

Insira seu email no campo abaixo para
receber nossas dicas e notícias