0 comentários fechados

Nessa quinta-feira (14), a partir das 19 horas, o restaurante Oliver lança o drinque Moscow Mule, clássico da década de 50 feito a base de vodka com espuma de limão e gengibre. Todas as quintas-feiras o restaurante terá o Moscow Day, com o pop rock ao vivo e o som do DJ Nando Cunha, criando uma atmosfera animada para o “drinque da canequinha”.

Servido em uma caneca especial feita de cobre, o Moscow Mule é um drinque doce, ácido e  leve graças a espuma preparada no sifão de chantilly. “Estamos lançando um drinque que ajudou a popularizar o consumo de vodka no mundo e, hoje, é o queridinho dos bares mais descolados do Rio de Janeiro e São Paulo. Fizemos questão de achar a canequinha de cobre com corte fino, perfeita para curtir a bebida com mais prazer.”, afirma Rodrigo Freire, proprietário do Oliver.

As receitas tradicionais do Moscow Mule referem-se que a bebida deve ser servida obrigatoriamente em canecas de cobre para que seja mantido seu frescor, já que ele mantém a temperatura do drinque por mais tempo.

A história do surgimento da bebida varia entre os adeptos do drinque, mas todos eles concordam que o Moscow Mule, algo como mula de Moscow, foi nomeado em referência a origem da vodka, a Rússia, e também ao efeito que a bebida causa, devido ao seu teor alcoólico que varia entre 35% e 60%.

Moscow Mule

Por: Susane Morais

Data de publicação: 14/07/2016

 

Insira seu email no campo abaixo para receber nossas dicas e notícias

Insira seu email no campo abaixo para
receber nossas dicas e notícias