0 comentários fechados

O leite é considerado a melhor fonte de cálcio na alimentação, além de ser também fonte de proteínas de alto valor biológico, vitaminas e outros sais minerais essenciais ao organismo. Por isso, deve estar presente na alimentação diária da população.

O consumo do leite traz diversos benefícios à saúde em todas as faixas etárias, sendo um ingrediente essencial de uma alimentação saudável. Seu consumo é muito versátil, sendo o principal alimento consumido no café da manhã, e pode ser componente de diversas preparações culinárias.

Leite

Dados na literatura apontam o leite e seus derivados como a melhor fonte de cálcio na alimentação. A partir desta informação, diversos estudos científicos foram conduzidos com o objetivo de verificar sua importância não somente na saúde óssea, mas também na prevenção de diversas outras doenças.

O cálcio é o mineral mais abundante no organismo e exerce diversos efeitos benéficos à saúde.

O cálcio é um mineral que atua em diversas funções biológicas importantes, tais como a contração muscular, a divisão celular (contribuindo para o crescimento e o desenvolvimento adequados), e a transmissão de impulsos nervosos (otimizando o desenvolvimento cognitivo e contribuindo para a prevenção do prejuízo cognitivo característico do envelhecimento).

Além disso, o cálcio tem recebido destaque especial no que diz respeito ao cuidado com a saúde óssea. Atualmente, considera-se a nutrição o principal fator para o desenvolvimento de ossos saudáveis e, consequentemente, a prevenção da osteoporose.

Nesse sentido, o cálcio tem papel fundamental, uma vez que aproximadamente 99% do total de cálcio do organismo encontra-se depositado nos ossos e dentes.

Com base nessas informações, diversas evidências científicas comprovaram que uma ingestão adequada de cálcio é essencial para garantir a formação da massa óssea, bem como sua manutenção, evitando as perdas significativas que ocorrem com o envelhecimento.

Os últimos dados apresentados pela Pesquisa de Orçamento Familiar (POF) demonstraram que a população brasileira tem substituído o consumo de bebidas lácteas por refrigerantes.

A participação do leite e derivados aumentou 36%, ao passo que o refrigerante teve incremento de 400%. Esses dados são alarmantes, uma vez que os refrigerantes aumentam a excreção urinária de cálcio, reduzindo a densidade mineral óssea.

Segundo o Guia Alimentar Para a População Brasileira, essas recomendações de ingestão podem ser atingidas por adultos com o consumo de três porções diárias de leite e derivados.

O Ministério da Saúde ressalta que essas recomendações devem estar associadas a uma alimentação balanceada e diversificada. Além disso, a exposição solar frequente e a prática de atividade física são fatores que contribuem para a adequada fixação do cálcio.

O consumo adequado de cálcio é o principal fator de prevenção contra a osteoporose.

A osteoporose é uma doença crônica não-transmissível que acomete aproximadamente 10 milhões de adultos e idosos brasileiros. É classicamente definida como um distúrbio osteometabólico, em que ocorrem redução da massa óssea e alteração na estrutura dos ossos, que provocam aumento da sua fragilidade e o risco de fraturas.

Com o aumento da expectativa de vida da população mundial, estima-se um crescimento de quase quatro vezes da incidência de fraturas para 2050. Diversos estudos científicos já comprovaram os benefícios da adição de cálcio na alimentação diária na redução da perda de massa óssea e prevenção da osteoporose.

Novas tendências: a ingestão adequada de cálcio contribui também para a manutenção do peso corporal

Estudos recentes têm sugerido que uma ingestão adequada de cálcio pode ser uma estratégia interessante para auxiliar no controle do peso corporal. Os mecanismos que envolvem essa ação estão associados com a prevenção do excesso de armazenamento de energia nos adipócitos, promovido pelos hormônios PTH e calcitriol (envolvidos no balanço adequado de cálcio).

Além disso, o consumo de leite e derivados, ricos em cálcio, auxilia na manutenção de níveis adequados de cálcio, previne a resposta inflamatória e pró-oxidante, inibindo o acúmulo de gordura corporal.

Fonte: Artigo Neslté – Leite e Derivados

Data de publicação: 15/08/2011

 

Insira seu email no campo abaixo para receber nossas dicas e notícias

Insira seu email no campo abaixo para
receber nossas dicas e notícias