0 comentários fechados

A gestação é uma etapa muito especial na vida da mulher. Durante esse período, ocorrem diversas alterações fisiológicas no corpo materno. Assim, para enfrentar esse turbilhão fisiológico, é importante que a gestante se alimente bem.

A gravidez é uma fase de alta produção e por isso há uma maior demanda energética pelo organismo. O corpo materno precisa de energia para realizar todas as suas funções e ainda possibilitar o crescimento fetal. Há, também, maior necessidade de vitaminas e minerais. Para maior parte desses nutrientes, é possível atingir a nova recomendação apenas com o aumento da ingestão energética. Contudo, em alguns casos, a suplementação pode ser interessante.

O ferro é um nutriente comumente suplementado. Sua recomendação durante a gestação é, aproximadamente, três vezes maior que a da mulher adulta. Sua suplementação é realizada, já que uma dieta habitual e saudável não é capaz de fornecer tudo. Esse mineral se encontra ligado à hemoglobina dentro da hemácia. Hemoglobina é um pigmento que carrega o oxigênio dos pulmões aos tecidos do corpo. A hemácia é a célula que carrega a hemoglobina e o ferro. Para que haja produção de hemoglobina suficiente e as hemácias combinem-se ao oxigênio, o corpo precisa de ferro. A deficiência de ferro no organismo leva a um quadro conhecido como anemia.

No último trimestre da gestação, ocorre a maior demanda de ferro devido ao aumento da quantidade de hemácia para suprir a necessidade do feto. É nessa etapa que o bebê obtém a maior parte de sua reserva de ferro para enfrentar o período de amamentação exclusiva. O leite materno contém a quantidade suficiente de ferro que a criança precisa até os 6 meses de idade. Após esse período, torna-se necessária a introdução da alimentação complementar.

Alguns alimentos fontes de ferro são as carnes, as leguminosas e as hortaliças de cor verde escura. Para melhorar a absorção do ferro contido nas hortaliças e leguminosas, consuma esses alimentos juntamente a outro rico em vitamina C. Sugestões: couve refogada e suco de laranja; salada de folhas verdes temperada com limão; adicionar laranja ou abacaxi picados ao almoço e ao jantar.

Utilize o comentário para opinar e sugerir assuntos para nossa pauta.

Olívia Prado Basso

Nutricionista CRN/DF 3199

olivia@nutricaobrasilia.com.br

(61) 8402-3551

Data de publicação: 01/10/2008

 

Insira seu email no campo abaixo para receber nossas dicas e notícias

Insira seu email no campo abaixo para
receber nossas dicas e notícias