No mês de junho, o Mangai abriu uma filial na capital federal. A estrutura é gigantesca, com mesas de madeira e troncos de carnaúba, mantendo o padrão da decoração nordestina das outras casas. O estacionamento é imenso. A vista para a ponte JK torna o ambiente ainda mais sofisticado. A estrutura deixou os brasilienses literalmente de boca aberta. Poucos bons restaurantes na capital conseguem um local tão amplo e bem localizado como o do Mangai. 

     O menu é bastante variado. As tradicionais comidas nordestinas combinadas com novidades exóticas.

Encontramos o rubacão (também conhecido como baião-de-dois, feito com feijão, arroz, carne, queijo e verduras), o suvaco de cobra (carne-de-sol moída com milho), a gororoba (mistura de macaxeira, carne-de-sol e queijo) e carne de sol na nata. Existe uma área reservada pra saladas, outra área para as comidas preparadas na hora, tipo tapioca (queijo, coco, carne-de-sol com nata, beradeira, chocolate, goiaba e doce de leite.), pão assado, etc. Há 11 câmaras frigoríficas das mais modernas; padaria, confeitaria e um açougue.

 

    Entretanto, mesmo com uma estrutura extraordinária, o Mangai Brasília ainda não consegue atender a todos que lhe procuram. É impressionante que, em pleno final do mês de julho, a casa continue lotada, com filas enormes de espera. Muitas pessoas já tentaram se deliciar com o ambiente e seu menu, porém saem frustradas, apenas sentindo o gostoso cheirinho da comida. Algumas pessoas também criticam a queda da qualidade da comida, devido ao grande movimento, porém esta é a opinião da extrema minoria.

 

    Este fenômeno que ocorre em Brasília decorre de muitos anos de um ótimo trabalho em prol da inovação, do bom atendimento aos clientes e da qualidade dos seus serviços nas outras casas. Além disso, devemos levar em conta o grande número de nordestinos que moram na capital federal. Excelente visão. Assim, o nome Mangai está criando forças e resgatando a cultura nordestina.

 

   Outro ponto interessante das instalações do Mangai em Brasília é o investimento da empresa em uma estação própria de tratamento de efluentes. “A estação de tratamento de efluentes do Mangai vem somar com a natureza na medida em que reduz a emissão de substância poluente à atmosfera”. Esse tipo de tratamento é pioneiro em Brasília no ramo de restaurantes.

Endereço: SCE Sul
Próximo a Ponte JK – Brasília|DF
Telefones: (61) 3225-0186
E-mail:
df@mangai.com.br

Maiores informações: http://www.grupomaiaetavares.com.br/

 [umap id=”3081″ size=”s” alignment=”center”]

Data de publicação: 26/07/2008

 

7 Comentários para Novo Mangai em Brasília dispensa promoções

  1. Alcieli disse:

    Bacaninha esse site, farei logo mais uma viagem a Brasilia e por aqui podemos saber lugares onde podemos economizar em nosso roteiro…fiquei tb muito feliz em saber que saindo daqui da PB encontrarei o Mangai aí em Brasilia, sinceramente surpresa de ter um pouco da minha terrinha em DF.

  2. Edna Rocha disse:

    09/08 Dia dos Pais no Mangai Brasília… Valeu a espera, pois é tudo de bom !

  3. Paulo disse:

    Minha esposa e eu adorávamos o Mangai até o dia de meu aniversário, na semana passada, quando sofremos uma forte intoxicação alimentar e, após muita diarréia e vômitos, passamos a madrugada no hospital. Após contato amigável com o Restaurante, eles se eximiram de qualquer responsabilidade, tratando-nos com absoluta indiferença. Um amigo sofreu o mesmo há cerca de 6 meses, e a recepcionista do hospital também. Pensem: tamanha quantidade e variedade de comida exposta por tanto tempo sob o calor de Brasília, só pode dar nisso. Fica a recomendação: cuidado com o Mangai.

    • Paloma disse:

      Que absurdo!
      Podiam pelo menos ter se responsabilizado. Você podia facilmente processo-los por danos morais.
      Odeiam estabelecimentos que não tem responsabilidade.

  4. Ricardo disse:

    É um restaurante que tem fila para tudo (fila para entrar, fila para servir, fila para pesar, fila para pagar) ótimo para comer comida fria e de qualidade duvidosa. Se quiser comer comida barata considere o cachorro-quente da esquina.

Insira seu email no campo abaixo para receber nossas dicas e notícias

Insira seu email no campo abaixo para
receber nossas dicas e notícias