0 comentários fechados

Belini Il Ristorante promove jantar degustação no dia 09 de novembro com renomados profissionais da gastronomia.

Aquele cafezinho após as refeições já uma tradição brasileira, mas que tal uma experiência sensorial diferente com essa paixão nacional? A harmonização de cafés e vinhos com entradas e sobremesas pode ser uma experiência inesquecível e totalmente diferenciada. O Centro Gastronômico Belini, promove no dia 09 de novembro, a partir das 19h30, em seu Il Ristorante (113 Sul) um evento com menu degustação, o destaque ficará por conta das entradas e sobremesas harmonizadas com cafés e vinhos, dirigida pelo renomado especialista em cafés Ensei Neto e o pelo sommelier Marcos Rachelle, da Art du Vin.

Para compor o cardápio, foram escolhidas entradas e sobremesas que são tradicionalmente servidas no Centro Gastronômico. “Temos uma história gastronômica na cidade, nossos pães e sobremesas já fazem parte do paladar do brasiliense, então optamos por elaborar um cardápio com elementos clássicos de nossa casa, como o pão pumpernickel, pão de nozes, petit rabanada servida com sorvete artesanal de baunilha, entre outros. Alguns complementos como manteiga de caramelo com flor de sal, chantily de especiarias, terrini mista suína e bovina, entre outras, também darão um toque especial. Tudo eespecialmente laborado pela chef Emiliana Azambuja. Entre as entradas e sobremesas, pratos de Emiliana também serão saboreados pelos comensais”, explica o empresário Gilberto Costa Manso, sócio da casa.

Segundo Ensei Neto, esta é uma experiência sensorial de alto nível, pois estabelece harmonização com elementos antes tidos como incompatíveis (cafés servidos em taças com entradas e sobremesas). “O que fica claro, em degustações deste tipo, é que tudo depende de como o “diálogo” entre as bebidas e comidas é estruturado. Se bem feito, a experiência é fantástica”, explica ele.

Assim como os vinhos, o café é um típico produto de território, isto é, recebe influência direta do local de produção, das características botânicas da lavoura e do manejo feito pelo produtor. Todo o cuidado ao longo do processo, que passa ainda pela torra e a extração, produzem bebidas distintas. “A seleção para esse evento foi feita a partir da estrutura de sabores de cada prato, buscando-se realçar uma ou outra nota específica”, explica Ensei.

Para harmonizar com as entradas foi escolhido um lote da nova safra da Fazenda Chapadão de Ferro, cerrado de Minas Gerais. Este da variedade Mundo Novo, secado no processo de cereja descascada, apresenta bebida de notas de aromas florais e caramelo de fundo. A bebida encorpada, de grande acidez licorosas com toques minerais cítricos e florais típicos do Chapadão, e finalização a mel e caramelo.

Já para as sobremesas foi escolhido um café produzido em Paracatu, Minas Gerais, na Fazenda Paraíso. É um lote de Catuí Amarelo 62, naturalmente seco no cafeeiro e com intenso aroma de mel. Na boca um toque de seda característico, extramamente macio. O cítrico, mel e caramelo tem equilíbrio perfeito na bebida.

“Toda a degustação é dirigida devido à complexidade dos pratos. Mas no decorrer da sessão, as pessoas começam a experiências individuais, o que comprova que os consumidores gostam de ter suas descobertas, mas antes de tudo são amantes dos bons sabores, textura e aromas”, relata Ensei.

 

 

Cardápio degustação:

 

Para começar:

Sinfonia de pães, cafés e seus elementos complementares

– Pão pumpernickel – complemento: manteiga de caramelo com flor de sal

– Pão de nozes – complemento: chantily de especiarias

– Pão de centeio com chá preto – complemento: azeite de tomilho com páprica

– Pão roll mix de cereais – complemento: compota de funghi com tomate maduro, cebola roxa, manjericão, alho assado e azeite extravirgem

– Pão italiano Belini – complemento: terrine mista suína e bovina

Vinho: Montepulciano Cerasuolo Rosé

Café: Fazenda Chapadão de Ferro, cerrado de Minas Gerais, Mundo Novo, cereja descascada

 

Para entremear…

1º prato: filé de robalo em marinada de hortelã com escama de palmito com abobrinha e espuma de alho poró servidos com purê rústico de aipim com fio de azeite de trufas e fios crocantes de mandioquinha salsa

Vinho: Sophenia Reserva Viognier

Para refrescar o paladar entre as carnes: sorbet de limão siciliano

2º prato: risoto mestiço de carneiro com pistaches, amêndoas e toque elegante de especiarias

Vinho: Spice Route Mouvedre

Para adoçar: combinado de especialidades da casa

– Petit pedaço de torta marroquina de amêndoas

– Petit telha crocante com compota caseira de abacaxi com gengibre e hortelã

– Petit rabanada servidas com sorvete orgânico artesanal de baunilha do Cerrado

Vinho: La Joya Late Harvest

Café: Fazenda Paraíso, Paracatu – MG, Catuaí Amarelo 62, naturalmente seco no cafeeiro

 

Serviço:

Degustação Centro Gastronômico Belini – Belini Il Ristorante

Endereço: SCLS 113 Bloco D loja 35 – 2º piso

Data: 09/11/2012

Informações e reservas: (61) 3345-0777

Horário: 19h30

Preço individual: R$ 130,00

Preço para grupo de 4 pessoas: R$ 110,00

 

Por: Mônica Marques

Destak Comunicação

Data de publicação: 07/11/2012

 

Insira seu email no campo abaixo para receber nossas dicas e notícias

Insira seu email no campo abaixo para
receber nossas dicas e notícias