Consumidor paga mais caro por bacalhau misturado a outros tipos de peixes.

A diferença de preços do quilo do bacalhau legítimo, um dos produtos mais consumidos durante a semana santa, pode variar de R$ 60,00 a R$ 150,00, enquanto o quilo dos peixes salgados custa entre R$ 20,00 e R$ 30,00. Contudo, o consumidor não sabe que grande parte dos produtos vendidos no país como sendo bacalhaus não passam de peixes salgados.

Bacalhau

A professora Léa Sant´Ana, da Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp Botucatu, que acaba de ter seu projeto “Rastreabilidade em Pescado” aprovado pelo Edital Capes e Fundação de Ciência e Tecnologia de Portugal, estuda em seu grupo de pesquisas os tipos de bacalhau comumente encontrados nas lascas em bandejas vendidas pelos supermercados.

Verificou-se que é comum a mistura de pedaços de peixes salgados de menor valor e qualidade, como o Ling (Molva molva), Zarvo (Brosme brosme) e Saithe (Pollachius virens), aos legítimos bacalhaus – o Cod ou Bacalhau do Porto (Gadus mohrua) e o Macrocephalus (Gadus Macrocephalus).

Fonte: Assessoria de Comunicação e Imprensa da Unesp – Tel.:(11) 5627-0429/0330/0329
unesp.imprensa@reitoria.unesp.br

Contatos: Lea Sant´Ana
Faculdade de Ciências Agronomicas (FCA)
Unesp de Botucatu – Universidade Estadual Paulista
(14) 3811-7200
(14) 9715-7938
santana@fca.unesp.br

Data de publicação: 14/04/2011

 

2 Comentários para Cuidado com o bacalhau que você compra

  1. rosane l. p. mendes disse:

    Que os bacalhaus de supermercados realmente não são os ditos originais do porto algumas pessoas sabem, por isso a compra é feita em casas especializadas, nas quais o bacalhau chega a quase R$ 100,00. Porém, fica a questão, como reconhecer se o bacalhau anunciado pode ser mesmo do Porto. Algumas coisas já sabemos, as lascas, por exemplo, ao contrário daqueles que se desmancham, mas quais outras preocupações podem nos dar de noção para sabermos ao certo. Agradecida, Rosane.

  2. Ana Rosa disse:

    Achei falha a reportagem porque não apresenta características dos peixes para o consumidor identificar o que é falso e o que é verdadeiro. O que adianta dizer que existe uma pesquisa, se esta não beneficiar a população?

Insira seu email no campo abaixo para receber nossas dicas e notícias

Insira seu email no campo abaixo para
receber nossas dicas e notícias