0 comentários fechados

Do francês, joaninha.

Para os japoneses… boa fortuna, sorte.

O Coccinelle Bistrô é projeto do casal Yves e Maya de Roquemaurel. Ele, francês de Paris, ela, japonesa de Tóquio. Yves morou em Zurique, Nova Iorque, Londres, Tóquio, Bangcock, Hong Kong.

A chef Maya, que gosta de ser chamada de Madame Coccinelle, também já percorreu o mundo e passou por cozinhas de Paris, Vietnam, Filipinas, Tailândia, Malásia e Índia.

A proposta da casa é inovadora. Une a boa cozinha francesa à praticidade japonesa. É o resultado de 20 anos de experiência de Yves e une um pouco do melhor da França, Japão e Nova Iorque. Da França veio a essência dos bistrôs; Yves diz que quando viveu em Nova Iorque, no início da década de 1990, os melhores bistrôs franceses estavam se faziam presentes por ali.  do Japão, o casal buscou o perfeccionismo japonês. Segundo Yves, é impossível separar cozinha, iluminação, música, ambiente, atendimento. “O Coccinelle é uma experiência global”, explica.

Um dos destaques da casa é o serviço dos pratos em potinhos, organizados em uma bandeja. A inspiração veio dos bentôs. Madame Coccinelle faz uma verdadeira construção nas bandejas, com potinhos, cores, texturas, formas, como se estivesse pintando uma tela.

São cinco a seis fórmulas servidas de segunda a sábado nos almoços, algumas com nomes de grandes artistas franceses. O bentô batizado Antoine, conta sempre com carne vermelha (R$ 32,00*), já o Brigite (R$ 30,00) é a opção com frango, o Colette (R$ 28,00*) de peixe, e o bentô Lily (R$ 18,00*).

A lista de sugestões muda todos os dias. Faz parte do trabalho do casal usar ingredientes fresquíssimos – nem freezer o restaurante possui. Cada pedido inclui tartine (torradinha) com alguma pasta, uma entrada, o prato principal e seu acompanhamento. Os preços são atraentes. Há três sugestões fixas, a carne braseada com cerveja escura ao lado de penne gratinado e salada de tomate com queijo minas a provençale (R$ 32,00*) e o salmão marinado com aneto, julienne de nabo comprido e salada verde (R$ 28,00*). Por mais R$ 9,00* se inclui a sobremesa, que pode ser a tarte tatin (torta de maçã) ou um mousse de chocolate 100% francês.

Coccinelle Bistrô

O Coccinelle Bistrô fica localizado em um charmoso casarão restaurado da década de 1920, na Travessa do Comércio, Centro do Rio. O ambiente é rústico, minimalista, sem perder a sofisticação e charme carioca. A mesa coletiva, com capacidade para 12 pessoas, fica em um simpático segundo andar e é feita com madeira de demolição, assim como as grades do mezanino. As garrafas de vinho que enfeitam as mesas do salão são reaproveitadas do mesmo modo que a escada que leva ao segundo piso. Para quem trabalha pelas proximidades vale o almoço, e, para os que não trabalham, vale um passeio multicultural pelo Centro.

Coccinelle Bistrô

Travessa do Comércio, 11 – Centro
Telefone: (21) 2224-8602
De segunda a sexta das 11h30 às 19h, e sábado das 11h30 às 17h30
Todos os cartões de crédito e débito, e Visa Vale
95 lugares
www.coccinellebistro.com.br

* Preços na data da publicação 16/11/2011, podem ser alterados sem aviso prévio.

Fonte: Nayanne Louise
Elza Barroso Comunicação
(21) 3204-4031

Data de publicação: 16/11/2011

 

Insira seu email no campo abaixo para receber nossas dicas e notícias

Insira seu email no campo abaixo para
receber nossas dicas e notícias