0 comentários fechados

Onde comer? Claro que é no Bar do Mercado. Não pense encontrar um lugar luxuoso: é uma cozinha de mercado honesta, como as de antigamente, onde se pode tomar apenas um cafezinho, experimentar um pastel de bacalhau ou um sanduíche de mortadela.

Se o assunto é almoço, basta sentar em umas das mesas e pedir o cardápio que você terá diversas opções feitas com matéria-prima fresquíssima e de qualidade. O chopp segue a tradição do Ferreira, o mais premiado de Brasília. Vinhos? Você terá muitas opções. Aí é só decidir: uma entrada de frutos do mar, pão italiano com sardela, peixe do dia ou então ficar com o bacalhau do Mercado. A noite é puro agito. Uma lista de petiscos está à sua espera. No final, é só encarar a famosa sopa de cebola do CEASA, feita pelo Totó, que no dia seguinte você estará zerado.

Outra boa razão para se apaixonar pelo Bar é a sua decoração. Na entrada, você vai deparar com um painel do artista Paula Andrade, ao estilo Nilton Bravo, retratando personagens da boemia candanga. Ao lado, outro artista brasiliense, Nemm Soares, que deixou a sua marca num painel, retratando a história da antiga cervejaria Brahma. Em frente, o balcão de mármore de Alicante (Espanha) e uma peça de ferro fundido que pertenceu à prefeitura de Santos. Os lustres também vieram da Espanha (Barcelona), o piso de ladrilho hidráulico, o caixa de embuia trabalhada, uma bela coleção de cachaças antigas.

A novidade do Bar do Mercado é o “Chopp com Choro”, com Evandro Barcelos e convidados, todos os domingos, a partir das 16h. 

W3 Sul, Quadra 509

Fone 3443 8482

 

 

Data de publicação: 09/02/2009

 

Insira seu email no campo abaixo para receber nossas dicas e notícias

Insira seu email no campo abaixo para
receber nossas dicas e notícias