Descubra como emagrecer

Está chegando a Semana Santa e a Páscoa. Para muitos, esta época lembra também cardápios especiais, regados com um bom vinho e sobremesas deliciosas de chocolate. Por isso, estamos divulgando aqui no Comer Bem Barato muitas notícias de restaurantes e seus cardápios especiais para a Páscoa.   Mas como fica a vida dos diabéticos diante de tanta comida calórica e bebidas alcoólicas? Quais cuidados que os portadores de diabetes deverão ter para não gerarem complicações para suas saúdes? O Comer Bem Barato também se preocupa com o bem-estar desse público tão assíduo e participativo. Portanto, segue matéria interessante sobre as bebidas alcoólicas e a diabetes.

Segundo a Associação Americana de Diabetes (ADA), o consumo máximo diário de bebida alcoólica para os homens deve ser de até duas doses de álcool (30 ml) — o equivalente a duas taças (de 125 ml cada) de vinho tinto ou uma garrafa de cerveja — e, para mulheres, até uma dose (15 ml). “As mulheres devem consumir a metade da indicação dos homens, porque possuem menor quantidade de água corporal para a distribuição do álcool e também menor capacidade de metabolizá-lo no estômago”, explica a nutricionista Miyoko Nakasato. Vale destacar que essa recomendação da quantidade de ingestão de álcool se refere a todas as pessoas, diabéticas ou não. Isso porque o excesso de álcool é capaz de prejudicar o fígado, elevar a pressão arterial, aumentar o nível de triglicérides e as taxas de açúcar no sangue.

A nutricionista alerta ainda que o diabético deve tomar cuidado redobrado para evitar episódios de hipoglicemia após a ingestão de álcool. “Enquanto o fígado não eliminar todo o álcool, a glicose não será produzida e a queda do nível de glicose, nessa fase, pode ter como conseqüência a hipoglicemia”, explica Miyoko. “Para prevenir uma crise, só consuma bebida alcoólica junto com a refeição ou após um lanche. Dessa forma, a absorção do álcool é retardada”.

Mas por que a bebida alcoólica interfere na glicemia? “Em condições normais, quando o nível de glicose no sangue cai muito, o fígado transforma o carboidrato armazenado no organismo em glicose e joga esta glicose na corrente sangüínea, evitando a hipoglicemia”, observa a nutricionista.

“Mas, quando há consumo de álcool, o organismo reage como se ele fosse um ‘veneno’ e o fígado trabalha para eliminá-lo rapidamente do sangue”. É por esse motivo que o fígado não produzirá glicose até finalizar o metabolismo do álcool. E, se o nível de glicose cair nesse período, a queda poderá ser muito rápida, causando a hipoglicemia.

Outra dúvida muito comum é sobre a combinação de bebidas alcoólicas com remédios — prescritos a muitos diabéticos. O cardiologista Protásio da Luz explica que, em geral, essa combinação não é problemática, desde que o medicamento seja ingerido com água e não com bebida alcoólica. Com exceção de um medicamento antigo prescrito aos diabéticos, chamado Diabinese (clorpropamida), integrante da primeira geração das sufoniluréias, que pode causar mal-estar quando associado ao álcool. Mas alerta: “É sempre bom o médico ser consultado e, principalmente, obedecer à recomendação da dose diária”.

 

Calorias vazias

Um aspecto importantíssimo sobre a bebida alcoólica é o alto índice calórico: cada grama de álcool fornece sete calorias — contra quatro de carboidratos e proteínas. É aí que mora mais um perigo ao diabético. “O álcool interfere na glicemia porque tem carboidrato e calorias”, salienta Protásio. “Por isso, precisa entrar no cálculo da contagem de carboidratos”. Segundo a endocrinologista Carolina Piras, o álcool também é contra-indicado para quem tem alta taxa de triglicérides, uma complicação clássica de diabéticos: “Como a bebida é fonte de carboidrato, sua ingestão favorece a produção dessa gordura que, em excesso, leva a problemas cardiovasculares”.

Além disso, o álcool é um exemplo de fonte de calorias vazias, isto é, alimentos que proporcionam apenas energia ao organismo, sem conter nutrientes importantes. Em contrapartida, isso não significa que as bebidas alcoólicas não façam bem à saúde. Pesquisas apontam que, ao serem consumidas com moderação, sobretudo o vinho tinto, estão associadas a um menor risco de doenças do coração. “Não há dúvida de que o vinho tinto é a bebida mais indicada para o diabético controlado apreciar”, orienta Protásio. “Publiquei recentemente um estudo mostrando que a ingestão moderada de álcool diminui o risco de mortalidade por doenças cardiovasculares em diabéticos e não-diabéticos”. A nutricionista Miyoko acrescenta que o diabético deve evitar as bebidas alcoólicas adocicadas, como licores e vinhos doces. “Os destilados têm maior teor de álcool”, completa.

Corpo e mente 

Alimentação e consumo de álcool são questões consideradas delicadas pela maioria dos diabéticos. Envolvem cuidados e, muitas vezes, privações de dois grandes prazeres do ser humano:

Comer e beber. A medicina tem avançado no sentido de evitar proibições e permitir que as pessoas não se sintam diferentes por causa da doença.

“Quanto menos restrição, melhor será o tratamento”, opina Protásio. “E é por esse motivo que repito ao diabético: coma direito, faça atividade física regularmente e meça sempre a glicemia. Essa é a garantia para aproveitar os prazeres da vida”.

Mas é preciso saber lidar com a pressão social que associa as bebidas alcoólicas a comemorações, homenagens, celebrações… “São situações que pressupõem um bem-estar, permitindo a liberação de substâncias que geram prazer, como as endorfinas”, observa a psicóloga Lílian Sharovsky, do Incor. “No entanto, é preciso ter em mente que o importante é pertencer a um grupo e o que vale não é o conteúdo do copo”.

Sob o ponto de vista psicológico e emocional, a ingestão de álcool não é algo recomendável. “Entretanto, a partir do momento que se escolhe ingeri-lo há que se considerar qual o objetivo do uso (social, fuga, tristeza, solidão, entre outros) e a capacidade de livre arbítrio em interromper”, esclarece Lílian. O problema se torna patológico quando a ingestão vira obrigação, gerando uma necessidade e até a escravização da pessoa.

Existe também a possibilidade de o diabetes interferir em questões psicológicas e favorecer situações de estresse, ansiedade e depressão. De acordo com a psicóloga, toda pessoa portadora de uma doença crônica pode apresentar uma hiperatividade emocional. “É comum o paciente diabético acreditar que, se a doença não tem cura, suas chances para uma vida prazerosa estão limitadas, contribuindo para o isolamento social, o que pode favorecer um quadro depressivo”, afirma. “Mas isso acontece, sobretudo, com pacientes que encaram a vida social de forma distorcida. O vínculo afetivo não é estabelecido pelo que as pessoas comem, bebem ou deixam de beber, e sim pelo que elas são”.

 tabela de bebidas para diabéticos

Veja também: Alimentos para diabéticos

Fonte: Por Flávia Benvenga, revista Sabor&Vida Diabéticos

Data de publicação: 12/04/2011

44 Comentários para Bebida alcoólica e o controle da diabetes

  1. marcos tavares mendes disse:

    muita boa a materia!

  2. LudMills disse:

    Achei muito interessante, apesar de que comer um bom bacalhau e não exagerar um pouco no vinho vai ser dificil, mas vou me esforçar!

  3. seller disse:

    Muito bom. Tirei muitas dúvidas sobre alcool e diabetes
    Mas,quero saber mais! tanto do alcool com do fumo e diabetes

  4. Evaneudo Ribeiro disse:

    Descobri apouco que tenho diabete, porem gosto de uma cerveja na sexta-feira, sei da restrição quanto ao álcool, porem pergunto, e quanto à cerveja sem álcool, é possível tomar de uma a três latas?
    Gosto também de vinho, quanto ao açúcar presente nessa bebida, posso substituir por vinho seco?
    Estou à procura de informações e ajuda.
    Tenho muito medo das complicações dessa doença, uma vez que ela requer una grande disciplina alimentar, coisa que não tenho

  5. lourival alves dos sanros disse:

    sou diabetico aprendir muito e gostaria de saber sobre um medicamento para inpotencia sexual que de resultado.

    • desejo um remedio de efeito imediato e duradouro, grato.

    • duartefa disse:

      na essa impotencia e mais conhecida como disfunção eretil, eu tambem tenho este problema,logico conversando com meu medico endocrino, ele me indicou o Viagra de 50 ou 100mg, hoje voce compra este produto pela internet na farmacia ultrafarma que entrega em sua casa com uma embalagem discreta compre o produto generico que e nada mais do que o principio ativo custa em media R$ 4,00 cada comprimido e vale a pena funciona mesmo logico voce precisa mexer pra voce se ecitar apos umas 4 horas voce fica tinindo o site da ultra farma e: http://www.ultrafarma.com.br boa sorte.

    • ANTONIO PINHEIRO disse:

      sou diabete a dois anos , minha cerveja todos final de semana , posso ?

  6. jaqueline disse:

    no momento gostaria de saber quais bebida posso toma

  7. nilton nogueira disse:

    gostaria de saber que quantidade pose ser consumida a cerveja sem alccol por um diabético

    • Leandro Fialho disse:

      Sou diabetico tipo 2 e gostaria de receber via mail, o que o diabetico pode comer e devidas porções

      Cumprimentos
      Leandro

  8. joecirsecreta disse:

    Gostaria de receber tudo sobre diabetico, principalmente o devo comer e beber.

  9. DAIANE disse:

    GOSTARIA DE SABER, QUANTAS CERVEJA PODE BEBER POR DIA?

    • nerimar neri de oliveira disse:

      sou hipertença. Estou acima do peso. Gostaria de saber qual a bebida mais indicada pra mim. Pois tomo 3 cervejão no sabado 3 no domingo. Posso substituir por bebida destilada.? Obrigada. aguardo sua resposta.

  10. cassia disse:

    sou diabética

  11. Eva Ribeiro disse:

    gostei muito desse site principalmente sobre o que o diabetico pode ou nao comer.

    Parabens para vcs, continue sempre dando essa dicas super legais

  12. THATIANY MAGALHAES disse:

    excelente a materia ajuda as pessoas a ver que a diabete é uma doença que pode ser comum e nâo é precizo deixar de viver bem por isso. parabens

  13. oi sou diabetica queria saber sugestoes para qm nao tm verba suficiente para comprar tudo q um diabetico deve comer.aprendi muito sobre a tia beti com vcs espero receber sempre dicas sobre essa tia q entrou em minhe vida para ficar .ho !!!!tia chata!!!!!!tia beti.hahahahahah

  14. miguel alves disse:

    ola! parabenizo a matéria e gostaria de detalhes em relação ao uso da cerveja sem álcool pelo diabético/hipertenso. grato!

  15. vitor pombinho disse:

    muito bom este site tem resposta para tudo.
    agora pergunto eu bebo cerca de 4 a 5 imperias por dia e 750ml vinho tinto deve ser muito não?gostava de receber noticias de receitas para diabeticos

    • josenildo disse:

      gostaria de saber tudo sobre a diabete, o que comer e o que beber ,porque minha mae e diabetica e eu tenho tendencias tambem a ser, ja que e hereditario. preciso mim cuidar enquanto ha tempo.

  16. Erilson Gouveia disse:

    Muito boa as dicas. Fiquei mais instruido pois ingressei no bloco dos Diabeticos. Gostaria de receber uma relação do que NÃO PODE. É possivel. Fico muim grato.

  17. joana lima silveira disse:

    adorei as informações sobre quais alimentos e frutas é aconselhavel para um diabetico acabei de descobrir que estou com essa doença.

  18. antonio marmo disse:

    gostei muito das informacoes sobre diabetes ,estarei sempre lendo sobre o asunto obrigado por ajudar nos diabeticos

  19. Meu marido é diabetes, quais os riscos q ele tem. Ah ele comer muito arroz faz mal.

  20. joao carlos gomes disse:

    gostei muito queria saber mesmo c correr 20km por semana mais 2 aulas de espiningg e não ter diabetes ou seja na faixa de 99 posso tomar serveja

  21. JOSE ARLINDO MACRI disse:

    A taxa de glicose está em mais de 300. Gostaria de saber se o stress, , sistema nervoso abalado pode ter o aumento de glicose no sangue?

  22. marlene mercedes erzinger disse:

    A taxa de glicemia está em 329, tomo methiformina 850mg,duas vezes X ao dia Daonil-5 mg,duas vezes ao dia, mas não abaixa, qualquer coisa fico muito nervosa, isso faz que aumenta a taxa de açúcar no sangue?

  23. Maria Santos disse:

    Há malefícios com a injestão de vinho depois da fruta, no final da refeição?

  24. sirlene disse:

    Bom dia

    Preciso saber as frutas e verduras que o diabetico tipo 2 NÃO pode comer?

    obrigada.

  25. Manuel Carreira Rocha disse:

    Sou portador da diabetes e levo insulina duas vezes ao dia.
    Pois todas as imformações que vou tendo, são muito uteis.Motivo esse para cada dia que passa, ter o cuidado necessário com a diabetes, embora,nem sempre cumpra com o que devia.(casamentos, aniversários,etc..Depois, é como se diz; Vou atrás do prejuizo.

  26. Glodoaldo Lorenço disse:

    Sou diabetico tipo 2 gostaria de saber qual suco posso tomar de manha e quais ingredientes. Obrigado

  27. por favor me de uma dica de um que faça efeito na hora grato.

  28. leila disse:

    Agora entendo o pq q qdo faço uso de cerveja,agua ardente e energéticos e q não é pouca a ingestão no dia seguinte passo mal o dia todo é como se eu não sentisse o meu próprio corpo…e por conta disso meu triglicéres vive alto.

  29. adriano aparecido da silva disse:

    gostaria de saber se posso abusar de alimentos ricos em proteinas e sódio

  30. luiz alberto disse:

    gostei moito das informaçãoes queria saber quais os riscos q eu tenho, pos minha taxa de glicose vareia muito entre 99-120-189 foi o maximo ate hoje, tenho 61 anos, desde ja muito obrigado pela atenção.

  31. Hilton disse:

    Tenho diabetis 21 e perdi 10k, não consigo recuperar, o que tenho de fazer
    Obrigado

  32. José disse:

    Achei a matéria interessante…

  33. marcia blunk conceição disse:

    descobri que tenho diabete quero receber dicas sobre os alimentos que posso comer ,frutas,verduras,legumes,carnes,bebidas,oleos,obrigado

Insira seu email no campo abaixo para receber nossas dicas e notícias

Deixe seu Comentário





* Campos obrigatórios

Insira seu email no campo abaixo para
receber nossas dicas e notícias